Assine Grátis o Blog!

Digite seu e-mail no campo abaixo. Observação, se você Não Confirmar a Assinatura na sua Caixa de E-mail ou Spam, Não Irá Receber as Atualizações e Novidades do Blog!!!

Já é cadastrado? Continue para o blog →

Siga-nos também nas redes sociais!

Últimas notícias ➞
Carregando...

Destaques

A Lei Brasileira de Inclusão não Serve pra Nada!!!

A Lei Brasileira de Inclusão não Serve pra Nada!!!

Hoje vamos conversar sobre a LBI, Lei Brasileira de Inclusão. Juro que não vou fazer um post chato, colocando leis e mais leis, até porque não entendo muito de lei, conheço um pouco a LBI, sei que deveria conhecer, por ter uma deficiência e por trabalhar com inclusão. Mas não rola, já tentei, porém não tenho saco, não entendo nada e digo mais, é por isso que não faço concurso público, eu odeio lei!!!!

A Lei Brasileira de Inclusão não Serve pra Nada!!!

No entanto precisamos saber ter uma noção, pois aqui no Brasil, temos diversas leis que estão a nosso favor, contudo não usamos. A gente resolve só reclamar da vida, do país, do destino, mas nem imagina que a solução, depende apenas da gente.
Há pessoas que acham a Lei Brasileira de Inclusão, linda fantástica, um sonho, mas nunca usaram! Já outros, pensam, acreditam que ela não serve pra nada, porém nunca foram atrás, para tentar usar!!! E tem outro grupo, que nem sequer sabe o que é LBI, que existe essa lei!!!

E ai, eu pergunto, o que adianta ter lei, se não usamos?
Estou aqui usando a LBI como exemplo, porque estamos em um blog, voltado para a inclusão, porém têm tantas outras leis que o povo não usa e reclama!!! Eu sei que reclamar, é mais fácil. No entanto, reclamar, não resolve o seu problema e o fato de só conhecer e não ir buscar seus direitos, também não adianta nada!!!! 

Como já falei aqui no blog, para buscar os nossos direitos, temos que sair da zona de conforto, ir atrás, vai conhecer a lei, seus direitos. Procura no Google, aqui no blog tem vários posts, falando, dando dicas sobre os direitos das pessoas com deficiência, pode também pedir ajuda, o blog, tá a sua disposição, para qualquer dúvida.

A Lei Brasileira de Inclusão não Serve pra Nada!!!

Agora, é preciso ir, buscar, conhecer, ficar sentado criticando, realmente, não há lei que resolva!!! Tudo bem, não é fácil, é chato, os caminhos, às vezes, são estranhos, longos, contudo necessários, para fazer valer os nossos direitos. Ai, depois de tudo isso, a lei não funcionou, aí sim você pode falar, meter o pau!!!
Conta pra a gente, que a gente também põe a boca no trombone!!!!!!

A minha única experiência com a lei, é com a Lei de Cotas, que para mim, não funcionou. Já expliquei o porquê aqui no blog, mas para quem não acompanha, vou resumir. Eu tenho paralisia cerebral, psicóloga, tentei trabalhar, durante anos, com Recursos Humanos, porém, claro, nenhuma empresa me contrato. Lógico, eu fugia de tudo, que eles procuravam, para fingir que estão cumprindo a lei!!! Infelizmente, acredito que não tem como eu recorrer nessa situação...

Bom, para encerrar, quero dizer, precisamos lutar pelo o que temos direito, não basta só ter a lei, se não correr atrás a lei não servirá pra nada.

Um texto de Damião Marcos e Carolina Câmara.
Se usar o texto, favor colocar os créditos e fonte do site, evite problemas judiciais.

É Falta de Oportunidade ou é Ilusão?

É Falta de Oportunidade ou é Ilusão? 

Tem algo de errado acontecendo com a inclusão! Tudo bem, eu canso de falar aqui no blog, no meu blog, nas redes sociais, nas palestras, que a inclusão, acontece totalmente errada, que a sociedade não faz nada para uma verdadeira inclusão.

No entanto tem pessoas com deficiência, como eu, que conseguiram fazer uma inclusão real. Isto é, estudamos, nos formamos, falamos outras línguas, temos pós-graduação, mestrado, doutorado e tudo que atualmente o mercado exige.

Porém a maioria das pessoas com deficiência, são obrigadas a interromper a carreira por aqui, porque o mercado, a sociedade, não dá reais oportunidades para a gente!!! Isso é fato, a sociedade não consegue olhar para a pessoa com deficiência, como sendo um profissional competente.

Ela enxerga, apenas, a deficiência, como um ser com tantas limitações, pode trazer lucro para a empresa, pode ser um excelente profissional???
Infelizmente, é essa a mentalidade do pessoal, em relação as pessoas com deficiência.

Por isso toda essa dificuldade de fazer uma inclusão de verdade. Aí, a sociedade não consegue oferecer oportunidades reais e ai????

Quando vamos mudar essa situação? Ou será que não vamos mudar? Vamos ficar nessa inclusão mascarada? Brincando com as pessoas com deficiência, fingindo que as respeitam!!!

É Falta de Oportunidade ou é Ilusão?

O Maior inimigo da Inclusão é a Mídia.

Ah, aproveitando o post, vamos pensar na mídia, alguém já viu, nestes programas de televisão, aonde as pessoas vão para cantar, algum candidato com deficiência? Eu, nunca vi!!! Será que não tem, nenhum cantor (a) com deficiência???? Ou será que a mídia não quer????  Será que não tem um cantor cadeirante??? Onde eles estão???


Não temos inclusão.

Artista também não se vê um, nas novelas! Vejo sim, artistas fazendo papel de pessoa com deficiência, por quê???
Por que a sociedade faz questão de ignorar, esconder apessoa com deficiência, excluir.

Fingir que estamos fazendo, trabalhando para a diversidade, mas no fundo é uma inclusão perversa, onde ilude o sujeito com deficiência, dar esperança e na hora H, não é nada daquilo. 

Isso já aconteceu centenas de vezes comigo, ia às entrevistas, a pessoa até parecia ficar "encantada" comigo, contudo a proposta nunca se concretizava!!!! Vivi vários lutos, sofri muito, hoje eu, já consigo descrever cada passo, a expectativa, a ansiedade, o sonho, à espera eterna, a falta de resposta, a dor, o luto, a falta total de expectativa na vida, a realidade nua e crua, aí volta, não sei como, a vontade de lutar novamente, de viver!!!

E ai? Por que a sociedade faz essa maldade com as pessoas com deficiência???  O que tem de gente ganhando dinheiro com essa inclusão perversa, é absurdo e ninguém faz nada para interromper isso.. Isso realmente me revolta!!!!!

O que você me diz dessa situação???

Um texto de Damião Marcos e Carolina Câmara.
Se usar esse texto, coloque os créditos e a fonte do site, evite problemas judiciais.
Pessoa com Deficiência não faz Sexo!!!

Pessoa com Deficiência não faz Sexo!!!

Mais uma vez, vamos falar sobre sexo, prazer, desejo, sexualidade das pessoas com deficiência. Eu especifiquei da pessoa com deficiência, simplesmente porque o povo acredita piamente, que quem tem uma deficiência, não tem desejo, vontade, excitação, por que não? Uma coisa tão boa, prazerosa e até fácil de fazer, pensando no lado prático da coisa, às vezes, diversos casais tem que se adaptar criar formas ou nem tem, mas querem usar a fantasia!!!

Deficiente é assexuado.

Sexo é arte, livre, cada um, cada casal, faz do seu jeito, usando a imaginação, a fantasia, o pincel são os corpos, que seguem a dança, o traçado próprio... No sexo não há certo ou errado, não tem obstáculos, barreiras e nem deficiência.

O que tem no sexo é vontade, prazer, descarga elétrica, união, atração e amor, em alguns casos.
Então, eu, sinceramente, não sei por que o pessoal acha que a pessoa com deficiência não pode fazer essa arte, fazer sexo... Pô, vamos pensar a pessoa com deficiência já não pode tanta coisa, ou pelas barreiras que a sociedade coloca, ou até mesmo pela própria deficiência, que realmente limita. 

Como eu, a deficiência não permite que eu dirija, fato, não tem nada haver com inclusão, preconceito, sociedade. Já o sexo? Eu posso, você pode, mas a sociedade criou o tabu, a lenda, o dilema, o sei lá o que, que a pessoa com deficiência não pode, não pensa, não tem sexualidade.

Deficiente não tem sexualidade.

Que ignorância!!! Você que está lendo este post agora, que não tem "nenhuma deficiência", qual é a sua relação com o sexo??? Que lugar ele ocupa na sua vida???? 
Agora, tenta tirar o sexo da sua vida?? Conseguiu? Ficou sem fôlego!!! Ficou estranho????

É, essa arte é gostosa, faz diferença na nossa vida!! Claro que para uns mais que para outros, porém ele sempre tá presente, não é mesmo????
Por isso vamos pegar essa afirmação, que criaram só para atrapalhar, ainda mais, a vida da pessoa com deficiência, e fazer picadinho dela e mandar para o espaço!!!  

Deficientes não tem sexo.

Vamos mostrar que o sexo é uma arte, livre, abstrata, que faz parte da vida do ser humano, nela não há preconceito, exclusão. Cada um faz o desenho, a dança, a escultura que quiser!!! Reflita sobre isso e não reprima arte do outro, pelo contrário, ajude a explorar, mostre que ele também pode!!!

Agora se você tem alguma deficiência e estão te excluindo de ser um ser humano comum, explique, mostre, fale das suas necessidades, que não são muito diferentes da dele, que você também tem desejos, quer ter prazer, quer e pode vivenciar o sexo!!!!

P.S. Sexo é livre, mas tem que ser seguro!!! Use sempre camisinha.....

Um texto de Damião Marcos e Carolina Câmara.
As Pessoas com Deficiência, e a auto - inferiorização.

As Pessoas com Deficiência, e a Auto - Inferiorização.

A gente aqui no blog, Inclusão Diferente, critica muito a sociedade perante as pessoas com deficiência, que ela deixa muito a desejar, é cheia de preconceitos, padrões, não quer incluir ninguém que fuja dos padrões, enfim ela é cheia de rótulos e regras.

Tudo isso, só ferra com a vida de quem de alguma forma é totalmente diferente, exemplo a pessoa com deficiência, que precisa lidar com tudo, para tentar ser inserido na sociedade. No entanto hoje não queremos falar da sociedade, ela tem os defeitos dela, temos que discutir, como a gente faz aqui no blog, com objetivo de melhorar, porém também devemos olhar para nosso próprio umbigo.

Como a gente lida com a nossa deficiência???

A sociedade inferioriza as pessoas com deficiência e muitos deficientes, também se inferioriza, por que???
Por que parar no primeiro obstáculo que encontra??? Você com deficiência, sonha????
Conta pra a gente, algum dos seus sonhos!!!! Agora, fale o que você faz para realizar esse sonho.

Se tá difícil encontrar um sonho ou falar o que você faz para concretizar, porque você acha que vai ser impossível realizar, pois você usa a sua deficiência e o comportamento da sociedade como desculpa!!  Hummm, é porque você pensa igual a sociedade, a pessoa com deficiência é inferior, inútil, tem que ficar isolada mesmo.


É você pode reclamar da sociedade, contudo você também é assim, pior, você tem preconceito com você mesmo, não se aceita, por isso se acha inferior!!! Estou sendo dura?? Estou, mas se eu acredito na inclusão, eu tenho que acreditar em mim, não me fazer de vitima e nem de heroína!! Preciso também cutucar a sociedade, mostrar que os seus conceitos sobre as pessoas com deficiência estão errados e tenho que cutucar a pessoa com deficiência também; tenho que te mostrar que podemos, devemos e que ninguém é inferior.

Auto - Inferiorização.

Temos que lutar, provar para a sociedade que não pode botar a pessoa com deficiência no altar e nem no lixo, mostrar que somos seres humanos igual a todos. Para isso, primeiro, você não pode se achar inferior. Segundo, "aceitar" que a no mundo, exclusão, porém podemos diminuir e mostrar que a inclusão é possível. Terceiro, que tinha que ser o primeiro, você se enxergar, olhar para a sua deficiência, se aceitar.

Quarto, mostrar a cara, falar, falar, falar, não parar no primeiro obstáculo e se esconder. Sair da, famosa, zona de conforto, porque também é muito fácil e simples, falar; sou deficiente, ninguém me aceita, sou um lixo mesmo, então vou ficar aqui na minha!!! Isso acontece demais!!! É fácil reclamar e não agir!!

Vamos começar a tirar a bunda do sofá, pois deficiência não é sinônimo de doença, nem de inferioridade, muito menos de ser inútil!!!!!

Um texto de Damião Marcos e Carolina Câmara.

A Magia de ser Mulher, e com Deficiência!!!

A Magia de ser Mulher, e com Deficiência!!!

Já  começo este texto falando, como é difícil ser mulher!!!!! A gente se preocupa com tantas coisas, cabelo, unhas, maquiagem, sapatos, roupas, depilação, peso, saúde, pele, enfim a mulher tem um mundo particular, vasto, enorme. A gente, mulher, quer se sentir bem, linda, atraída, desejada, não pelo homem, mas pela a gente mesmo, isso é fundamental para nossa vida. Quando estamos bem, brilhamos mais, é algo inexplicável, é uma magia, coisas de mulher, que não tem como colocar em palavras. 

E no caso da mulher com deficiência, como é???

É igual gente, não tem muita diferença, buscamos todos esses desejos também, apesar de sociedade achar que não, que para a gente é diferente, que vale qualquer coisa. Como sempre, vou me usar como exemplo, eu adoro usar salto, claro que não é qualquer salto, tenho todo um jeito de comprar meus sapatos, tem aquele que abre a boca, para me criticar; como assim, que absurdo, você não tem que usar salto!!! oi!!!!! Por que não??? Sou mulher, igual às outras, eu gosto e vou usar, cuida da sua vida e eu cuido da minha, fechou???

A gente tem que ter a vaidade, o cuidado, ter prazer conosco mesmo, se olhar no espelho e se gostar!!!! Faz bem, a gente se sentindo bonita, encontrando o próprio charme, a sua sexualidade, te garanto que o outro também vai te olhar diferente!!!! A deficiência não é você, você tem a deficiência e pode descobrir formas de usar a seu favor.

A Magia de ser Mulher, e com Deficiência!!!

Então vamos recapitular, falando agora para a mulher que tem uma deficiência e não se cuida, acredita que é uma perda de tempo; vai, contudo, entra nesse universo fantástico da mulher, se enxergue, se encontre, encontre a sua beleza!!! Vá ao salão, faça um corte de cabelo que combine com seu estilo, faça tudo que você achar necessário e faça isso sempre, se valorize.

Ai, eu te garanto que as coisas vão melhorar. Não é magica, você não vai simplesmente mudar de vida e ir para o país das maravilhas.. Você vai simplesmente se cuidar, buscar aquele lado seu, que você acha que não tem, por causa da deficiência

Olha, não digo que aqueles homens inconvenientes, que ficam mexendo com as mulheres na rua, vão começar a mexer com você, pois ai entrar a questão, que já falamos aqui no blog, o padrão de beleza, que a gente não se encaixa.  No entanto, você encontrando a sua beleza, seu charme, a sua sexualidade, com certeza você vai chamar a atenção de gente certa, pessoas que vão te valorizar!!!!  
Eu falei de salão de beleza, porém foi um exemplo, têm pessoas que vão se encontrar de diferentes formas...

Comecei o texto, falando que é difícil ser mulher e é mesmo, mas eu acho magnífico, genial, somos capazes de coisas inimagináveis!!! Você que é mulher e ainda não embarcou nesse mundo, vem já!!!!!


Um texto de Damião Marcos e Carolina Câmara.
Como Recorrer a Benefícios Negados pelo INSS?

Como Recorrer a Benefícios Negados pelo INSS?

Neste texto, vamos explicar de uma forma rápida e em uma linguagem "simples", o que é e para o que serve os Juizados Especiais Federais. Eles, infelizmente, são pouco conhecidos pela sociedade, porém são muito importantes e pode nos auxiliar muito. Por isso divulgue os Juizados Especiais Federais.


Cabe à Justiça Federal processar e julgar as ações que são contra a União, como por exemplo, o INSS e Banco Central, também as empresas públicas federais, tal como, a Caixa Econômica Federal. Serve também para as ações em que se discutem tributos federais, como, benefícios previdenciários ou direitos de servidores federais.

Esse texto faz parte dos Artigos vip, portanto clique aqui para o assunto completo na sua integra.

A Síndrome da Desesperança

A Síndrome da Desesperança


“E deixa a vida me levar (vida leva eu)
Deixa a vida me levar (vida leva eu)
Deixa a vida me levar (vida leva eu)
Sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu”

A sociedade impõe que a pessoa com deficiência seja um fantoche, digo faça apenas o que ela acha e é possível. Vou dar um exemplo que aí fica mais fácil de entender, assim, não importa a idade que você tenha alguém vai te levar ao parque, para tomar sol, que faz bem e para se distrair um pouco, afinal é chato ficar só casa!!!

Mas ninguém te perguntou se você quer ir ao parque ou quer ir a outro lugar, tipo, uma balada, um bar, para beber ou você quer mesmo é beijar na boca, transar. Quem nunca acordou com vontades como essas?

Aí, lógico, surge a síndrome da desesperança, nada acontece, não posso fazer nadaaa!!!! Todas as pessoas com deficiência algum dia na vida, já passaram por isso, não precisa se tão radical como o exemplo que dei, apesar de acontecer em vários casos, já falaram para minha mãe que ela estava gastando dinheiro com escola para mim, atoa, pois eu não seria nada mesmo...

As Pessoas com Deficiência, e a Síndrome da Desesperança.

Então é algo que fica meio implícito, a gente senti isso no ar, quem tem uma deficiência, sabe muito bem o que estou falando e quem não tem, provavelmente, já pensou algo desse gênero.

Eu penso muito sobre a desesperança, eu sinto em alguns momentos, sonho em ter um filho, porém vire mexe, aquele sentimento de incerteza, será que vou conseguir, devido a minha deficiência?

O que você vai fazer da sua vida, já que tem uma deficiência e por isso acredita que a sua vida está condenada? Não pode estudar, trabalhar, namorar, casar, sonhar, ter prazer com a vida!!!! 
Bom, vamos lá, primeiro ponto, você só tem uma deficiência, é fogo, enche o saco, é um porre. 

Sim, é tudo isso e mais um pouco, porque não é fácil e nada interessante, porém não é o fim do mundo, não é uma condenação a pena de morte!!!!! Pense sobre isso, reflita.

Vamos continuar, segundo ponto, olhe para a sua deficiência, veja o que ela te limita realmente, o que você acha que ela te limita, mas que na verdade é você que não se permite a tentar, experimentar. 

Vença a Desesperança

Outra tem certas coisas que você pode adaptar exemplo, não dá para jogar vídeo game com a mão, tenta com o pé, com o nariz, com o joelho, com a cabeça, sei lá com o que puder, mas tenta, inventa, crie!!
 
Agora, quero falar uma coisa que eu considero difícil, até porque meio que somos induzidos a acreditar que devemos mesmo deixar a vida nos levar e ai, e aí, caímos na zona de conforto, e ai, ferrou!!!!! Não é fácil sair dela, tomar posse da própria vida, ter vontades, desejos, ter voz ativa, mostrar quem é você, de fato!!

Você deve tá pensando, como assim, não tem jeito a minha vida na tem outro caminho, a deficiência é uma droga mesmo, porém não tem como fugir dela, eu acho. Caso alguém saiba algum modo de ficar livre dela, por favor, me conta, quero muito saber!!! 

Falando sério agora, vai, contudo, mostra a sua cara, o que você pretende, deseja, lute, busque. Deixe a vida te levar, mas para onde você quiser. Sambe diante da vida, ela é demais, só temos que aprender a lidar com ela e aproveitar!!!!

Voltando lá no início do texto, onde usei uma problemática minha, gravidez, eu vou conseguir? Não sei, no entanto eu vou tentar, vou enfrentar várias situações chatas, difíceis, que para mim, sinceramente, seria mais fácil, desistir e ficar na minha zona de conforto. 

O pessoal me achando o máximo, pelas baboseiras da sociedade, por acreditar que eu sou uma superação, heroína e sei lá mais o que, só porque fiz e faço coisas, que o pessoal achou que seria impossível eu fazer. Não, eu quero buscar os meus sonhos, meus desejos, quero me realizar como profissional, mulher e mãe!!!!!!

A sociedade não vai impor como eu tenho que viver!! É essa imposição que gera a síndrome da desesperança, não acredite, mesmo que seja tentador, mais viável, mais confortável!!!

E deixa que eu leve  (eu levo a vida)
Deixa que eu leve (eu levo a vida)
Deixa que eu leve (eu levo a vida)
Sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu.

Um texto de Damião Marcos e Carolina Câmara.

Deficientes e Devotees: Amor, Fetiche ou Doença?

Falar sobre um tema dessa grandeza e importância, com certeza não é uma tarefa das mais fáceis até porque se trata de um assunto complexo e polêmico e de opiniões diversas.

Vale ressaltar que existem muitas pessoas que nunca ouviu falar de devotees, e isso aumenta ainda mais a nossa responsabilidade, mas vamos lá, esse material faz parte dos nossos artigos Vip, portanto visite esse link para ter acesso aomaterial completo.
Temer Voltou Atrás, mas ainda Precisamos de Muitas Coisas.

Temer Voltou Atrás, mas ainda Precisamos de Muitas Coisas.


Hoje, eu quero continuar a conversa que a gente começou semana passada, no post, que falamos sobre o novo governo, que eliminou a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD) e do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade). Vamos falar de toda essa situação do nosso país.

No entanto quero antes de mais nada, corrigir uma coisa que falei no post anterior. Então, lá no texto, eu disse que a pessoa com deficiência nunca assumiu a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD) e nem o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade).

Mas isso não é verdade, a Izabel Maria Loureiro Maior, tem uma deficiência e ela administrava a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Já o  Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência também era administrado pelo Antonio Jose Ferreira, que também tem uma deficiência.

Porém aqui, tem um ponto que merece ser discutido em outro post, contudo vou tentar explicar resumidamente. Tem vários tipos de deficiências, umas a sociedade, já até consegue aceitar.

Vamos chamar aqui essas deficiências, de deficiências mais simples, mais perto do padrão de normalidade, como por exemplo, uma pessoa paraplégica, usa cadeira de rodas, mas tem os membros superiores, são perfeitos, então essa pessoa faz quase tudo, ela precisa mesmo de acessibilidade, para ter total independência.

Já uma deficiência como a minha, uma paralisia cerebral moderada, é algo mais complexo, requer mesmo uma inclusão de verdade. Então quando digo que nenhuma pessoa com deficiência, assumiu um cargo assim, estou pensando em deficiência mais séria, porém tenho que deixar isso sempre claro.

Temer voltou atrás.

Agora, vamos voltar para o nosso país, situação complicada, instável, que deixa a gente insegura... É uma inflação inacreditável, desemprego, impeachment, aí muda todo o governo.

Temer entra, tira ministérios, junta outros, como fez com o da cultura, queria colocar com o da educação. Mas agora, depois de tantos protestos, questionamentos, a pressão que a mídia fez com que ele voltasse atrás em suas decisões.


Temer voltou atrás, com os deficientes.

Temer voltou atrás com relação a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD), como eu falei naquele post, era cedo demais para a gente criticar, no entanto precisamos ficar de olhos bem abertos.

Mas aproveitando, deixa eu falar, ele voltou atrás, que bom, no entanto  só isso não basta, tem muito trabalho para fazer. Precisamos ficar em cima, lutar, buscar, pois tem muito direito aí, que negam para a gente.. Então ao invés de apenas criticar, vamos atrás, sair da nossa zona de conforto, que tal???

Um texto de Damião Marcos e Carolina Câmara

Novidade


Quer montar um negócio em casa só com um computador e internet, conheça o clube do marketing digital (CMD), esse eu uso e recomendo!!! Conheça aqui.
Recriada a Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Recriada a Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Publicada em edição extra do Diário Oficial da União medida provisória que prevê a existência da Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência na estrutura do Ministério da Justiça e Cidadania.

Recriada a Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência.


A MPV 728/2016, publicada em 23/05, organiza também órgãos do Ministério da Cultura e atende a um manifesto encabeçado pela Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down e mais quarenta entidades que o subscreveram, além de apoiadores individuais.

Leia neste link a íntegra da MPV 728, na Imprensa Nacional.

Fonte: Inclusive

Novidade


Você conhece a loja virtual do blog inclusão diferente? Clique aqui e conheça agora mesmo, temos novidades gratuitas pra você!!! 

Parceiros do blog