Assine Grátis o Blog!

Se inscreva no botão abaixo. Observação, se você Não Confirmar a Inscrição na sua Caixa de E-mail ou Spam, Não Irá Receber as Atualizações e Novidades do Blog!!!

Já é cadastrado? Continue para o blog →

Siga-nos também nas redes sociais!

Últimas notícias ➞
Carregando...

Destaques

Lei de Cotas para Deficientes - A Verdade que nunca Ninguém te Contou.

LEI DE COTAS PARA DEFICIENTES - A VERDADE QUE NUNCA NINGUÉM TE CONTOU

Olá pessoal! Como tem sido esse início de ano?

Hoje vamos continuar com a série sobre a Lei de Cotas para Pessoas com Deficiência, e se você não viu o primeiro texto da série, poderá lê-lo na integra aqui.

Refletindo sobre essa série, começamos a nos questionar sobre uma verdade que nunca ninguém nos conta sobre a Lei de Cotas, se existiria vida além dela.

Ao final do texto, você conhecerá alternativas além da Lei de Cotas


Não sabemos se você está entrado no mercado de trabalho agora, se já passou por várias ocupações, ao longo da vida, se sua deficiência é congênita ou se ela foi adquirida recentemente e você está em fase de readaptação e aceitação.

O fato é que toda Pessoa com Deficiência, que esteja em condições de trabalhar, lançou ou lançará mão, em algum momento, dos mecanismos da lei de cotas para inserção no mundo do emprego formal.

Afinal de contas, esse seria o caminho mais fácil e lógico a ser seguido, porque a lei foi criada para isso, para permitir que todos os deficientes em situação ativa possam ter seu trabalho, sua renda e sua liberdade, certo?

Então! Há controvérsias!

Todos sabemos que a lei de cotas não beneficia todos os deficientes. Claro que sabemos que existem deficiências e limitações mais patológicas que impedem a pessoa de ter uma vida mais ativa e ter uma atividade laboral.

Mas e os cadeirantes, os deficientes auditivos, visuais e intelectuais, como ficam frente a lei de cotas?

A maioria está em pleno vigor físico, tem formação e estão dispostos a trabalhar e não conseguem porque não existem empresas suficientes que queiram fazer algum tipo de adaptação para receber alguém que tenha alguma dessas deficiências.

Mas, e você! Antes de prosseguir reflita: Você acredita que exista vida além da Lei de Cotas? Deixe ao final do texto seu comentário nos dizendo isso.

Existe vida além da lei de cotas?

Mas, diga aí!

Alguém, em alguma empresa, já te fez a seguinte pergunta: “O que podemos fazer ou melhorar em nossas instalações para que possamos te receber com dignidade e conforto?”

Para essa pergunta a resposta quase certa é que nenhuma lhe tenha abordado dessa forma em uma entrevista de emprego.

Deixamos claro que não somos xiitas radicais, por isso acreditamos que deva sim existir alguma empresa que pense de maneira mais inclusiva. E também não estamos dizendo que todos os profissionais de admissão sejam uma pedra de gelo na forma de tratar um candidato que busca uma vaga.

Mas, até quando vamos ficar dependendo que alguém se sensibilize com a falta de inclusão da Pessoa com Deficiência no mercado de trabalho?

Amigos, o fato é que estamos muito longe dessa situação chegar perto do razoável. Ainda há muitas questões a serem vencidas, muitas melhorias a serem implantadas e muitos paradigmas a serem quebrados.

Enquanto isso o tempo passa e vamos ficando para trás, frustrados e desacreditados de nós mesmos com tanto para oferecer e não tendo quem queira nos receber.

Aquele que consegue emprego, de repente já está garantido, certo? É pode ser! Mas não podemos esquecer que estamos em uma situação de 13 milhões de desempregados no Brasil.

Ou seja, não existe garantia de nada.

Porque se você não perde seu emprego, logo de cara, a empresa arruma mecanismos e desculpas para reduzir e abolir benefícios já adquiridos. Até que o desemprego bata a porta.

Então, recomeça o ciclo. Cansativo, não é mesmo?

Por isso que nós, aqui do Blog Dinheiro em Casa, somos insistentes em falar de trabalho a partir de casa, de Empreendedorismo Inclusivo e Auto-Emprego, pois cansamos de viver esse ciclo.

Somos pessoas sonhadoras, temos metas e objetivos para serem alcançados. Queremos muito mais da vida!

E então começamos a perceber que Existe Vida Além da Lei de Contas. E é essa vida que estamos buscando.

Você também pode se libertar, caso queira romper esse ciclo de frustrações. Basta sair da zona de conforto, do comodismo e se pôr em ação.

Existem tantas atividades que podem ser exercidas, tais como:

  1. Criação de blogs e sites;
  2. Venda Info-produtos;
  3. Traduções;
  4. Criação de conteúdo para blogs, sites e redes sociais;
  5. Editoração de vídeo, som e imagem;
  6. Transcrição de vídeos e áudios;
  7. Marketing de Relacionamento;
  8. Culinárias;
  9. Fabricação de jóias;
  10. Prospecção de clientes para empresas.

Essas são apenas algumas das infinitas atividades que você pode fazer a partir da sua casa.

Como pode ver, são atividades englobam todos os gostos e afinidades e para exercê-las precisa apenas da vontade de aprender coisas novas ou aprimorar alguma habilidade que já tenha.

Não caia na armadilha das falsas seguranças. Busque conhecimento, deixe a preguiça de lado e você verá quantas oportunidades te esperam para ser vividas.

Temos plena convicção que Existe Vida Além da Lei de Cotas. Vamos vasculhar o mundo para mostrar isso a quem esteja disposto a pensar e agir diferente como nós.

Se você não tem medo e nem preguiça de ir em direção contrária da maioria, continue seguindo o Blog Dinheiro em Casa participando com seus comentários e compartilhando com seus amigos.

A gente se fala no próximo post. Forte Abraço!

Fonte: Blog Dinheiro em Casa
Beneficio de Prestação Continuada, Governo facilita o Acesso.

Beneficio de Prestação Continuada, Governo facilita o Acesso.


Na última quarta-feira, 4, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicaram a alteração das regras do Benefício de Prestação Continuada (BPC).


Beneficio de Prestação Continuada, também conhecido como loas.


A principal mudança instituída pela portaria é a ampliação da rede de atendimento para o requerimento do benefício, que agora poderá ser feito nos estados e municípios, e não somente numa agência da Previdência Social. A adesão das prefeituras e governos é voluntária e deve ser feita por meio de termo de cooperação.

De acordo com as normas vigentes, a pessoa com deficiência precisa ir duas vezes a uma agência do INSS para requerer o benefício: a primeira para fazer o pedido do BPC e a segunda para a perícia médica. Com as novas regras, o beneficiário deverá ir apenas ao INSS para realizar a perícia. Para o idoso, que não precisa de perícia, o benefício poderá ser concedido após o requerimento feito no município.


A portaria também trata da inclusão de beneficiários no Cadastro Único, condição obrigatória estabelecida pelo Decreto 8.805, publicado em julho do ano passado. Os novos requerimentos já serão automaticamente registrados, o que agiliza ainda mais o acesso ao benefício.

Fonte: Secretaria Especial dos Direitos das Pessoas com Deficiência

Quer saber mais sobre Benefício de Prestação Continuada (LOAS) e outros assuntos relacionados a leis e Direitos das Pessoas com Deficiência clique aqui. Fique a vontade para comentar, obrigado por visitar nosso blog.
Só os Fortes Sobreviverão – Acabou o “Mi, Mi, Mi”! 2017 Chegou

SÓ OS FORTES SOBREVIVERÃO – ACABOU O “MI, MI, MI”! 2017 CHEGOU


Olá, pessoal!

Este é o primeiro post do ano. O primeiro de muitos que virão ao longo de 2017 e este ano que se inicia será de grandes desafios. Pode apostar!

Depois de um ano turbulento, em nossa economia e política, começamos 2017 acreditando que a coisas serão diferentes. E elas precisarão ser de fato diferentes, pois o país e as pessoas não suportam mais esse caos e desrespeito.

Temos um grande desafio na política, pré-ano eleitoral, que nos exigirá frequente vigilância, afinal de contas, são nossos benefícios e direitos que estão em jogo, não é mesmo?

Isso, sem falar dos desfechos referente as investigações da famigerada corrupção que assola o país desde sempre.

Mas galera, e os nossos deveres onde ficam? Vamos pensar apenas nos nossos benefícios?

Vamos ficar passivos, choramingando as mazelas que os governos vêm fazendo ao longo de anos, ou vamos agir ativamente, mostrando a nossa cara, sem medo, dizendo a que viemos?

Todos sabemos que ficar chorado feito um bebezão nunca levou ninguém a lugar algum. Então, é hora de falar como gente grande e assumir a responsabilidade pela mudança da nossa vida e pela transformação da realidade.

Por isso, o Blog Inclusão Diferente vem convidar você a continuar com a gente em 2017, para que possamos discutir assuntos de maneira séria, quebrando barreiras e preconceitos e mudando paradigmas e crenças limitadoras que nos impedem de ir a diante.

Só os Fortes Sobreviverão – Acabou o “Mi, Mi, Mi”! 2017 Chegou

Os desafios desse ano serão muitos, por isso a nossa coragem deverá ser maior. Coragem esta que deverá vir acompanhada de muita atitude, muita dedicação, muito empenho.

Você precisa entender que em cenários desafiadores não podemos ter as mesmas atitudes e muito menos devemos ser passivos frente a tudo aquilo que precisa ser feito e transformado.
Só os fortes sobreviverão a situações como essa.

Então, deixe o “mi, mi, mi” de lado. Não tenha medo de falar de coisa séria com seriedade. É hora de partir para a maturação das ideias.

Só quem tiver coragem de por o dedo na ferida para limpá-la receberá a devida cura!

Como sabemos que você é uma pessoa que tem essa coragem, já estamos contando com a sua presença junto a nós ao longo do ano, ok?

Agora, conte-nos quais são suas expectativas para 2017. Deixe seu comentário, e vamos desde já, construir um mundo novo.

Vamos em frente!

Infinitas Possibilidades, 2017 um Ano que Promete

 INFINITAS POSSIBILIDADES, 2017 UM ANO QUE PROMETE.

Olá pessoal!

Mais uma vez, estamos chegando ao final de um ciclo e, ao fazer aquela análise costumeira sobre o ano que termina nos damos conta de que passamos por várias situações e oportunidades.

Algumas dessas oportunidades foram muito bem aproveitadas e nos proporcionaram diversos aprendizados e experiências que contribuíram para a nossa formação.

Outras oportunidades foram amplamente desperdiçadas, devido a medos, por exemplo, e nos geraram frustrações, mas, outras nos levaram aos aprendizados e experiências.

👉 Uma pergunta para você comentar no final desse texto: Infinitas Possibilidades, o que você quer encontrar no Inclusão Diferente 2017?

Então, deixando de lado o chicote da autocrítica, concluímos que, embora tivéssemos algumas intempéries passageiras, conquistamos muitas coisas boas. E o próprio fato de chegarmos até aqui já é, por si só, uma tremenda vitória.

Na verdade, o que aconteceu, nessas várias situações, foi que recebemos presentes celestiais que enriqueceram nosso desenvolvimento humano e profissional.

Entretanto, o maior de todos os aprendizados foi descobrir que tudo é possível aquele crê, não apenas em Deus ou em uma energia maior, mas em si mesmo.

E o Inclusão Diferente descobriu, entendeu e declarou: “2017 é o ano das infinitas possibilidades.”

Por isso, seremos o blog referência em assuntos para Pessoas com Deficiência, mas sem a velha história de meias palavras que não contribuem em nada ao nosso desenvolvimento.

Queremos trazer, a cada um, assuntos relevantes, de maneira que as informações aqui transmitidas sejam de, alguma forma, significativas para a sua vida.

Agradecemos todos vocês que estiveram conosco nesse ano contribuindo para o crescimento do blog e disseminação da nossa proposta.

Em 2017, continue acompanhado o Inclusão Diferente para que a proposta de uma linguagem nova, sobre os assuntos que aflige a todos nós, possa chegar a mais e mais pessoas que buscam uma novo olhar sobre a realidade.

Que você tenha um 2017 de infinitas possibilidades.

Nos vemos do outro lado!!!
Dica Especial para Você do BID?


Dica Especial para Você do BID?

Olá ! Pessoal que acompanha o blog inclusão diferente.


Hoje estou aqui para indicar para você, o Primeiro Blog Brasileiro, voltado a geração de Trabalho e Renda a partir de casa, para Pessoas com Deficiência.

Empreendedorismo inclusivo e trabalho em casa é a proposta desse site inovador, eu já assinei e faço parte e quero te convidar a fazer o mesmo, lembrando que a assinatura e todas as informações do blog é Gratuita, segue o link de assinantes do blog: Assine agora mesmo e comece a receber os informativos.


Centenas de pessoas já se inscreveram falta você cadastre-se no blog para receber em primeira mão nossas atualizações.


O site é : www.blogdinheiroemcasa.net

Estamos a disposição para maiores esclarecimentos, obrigado!

Att,

Damião Marcos - blog inclusão diferente.
A Teoria e a Pratica no “Mundo das Deficiências”

A Teoria e a Prática no “Mundo das Deficiências”

Acho que foi duas semanas atrás, fiz um post fazendo uma pergunta e refletindo sobre ela. Hoje, eu quero continuar pensando sobre o assunto, aproveitar para ampliar, quem tem uma deficiência sabe muito bem, que a teoria e a pratica nem sempre funciona junto, infelizmente!

No tal texto, eu questionei se você namoraria com uma pessoa com deficiência?
Vou contar rapidamente, o pouco que vi nestas ultimas semanas. Estou com problemas com meu namorado, terminarmos e entrei no Tinder, para aliviar a cabeça, enquanto a nossa relação não se resolve... Ai comecei a conversar com uma pessoa que também tinha uma deficiência, a gente mal conversou, falei logo que tinha paralisia cerebral. Claro, que eu não quero ninguém, mas sim voltar para o meu namorado... Então falei de inicio para fazer o teste, fiz com dois, ambos usavam cadeira de rodas, eles simplesmente me deletaram!!! Como assim?


Gostaram das minhas fotos, tal, tal e tal, quando viram que eu não era "perfeita", jogaram fora, mas eles também, segundo o senso comum, não são perfeitos!!!!!! Ah, quer dizer que tem também preconceito dentro do próprio "mundo das deficiência", eita!! Então o preconceito é bem mais fundo, pois todos queremos o padrão, o "perfeito". Mesmo aqueles que têm uma deficiência e já levaram um fora do outro, só porque era cadeirante.

A Teoria e a Prática no “Mundo das Deficiências”

É fácil falar, reclamar e na hora correr da raia.
A mesma coisa acontece nas empresas, o dono, diretor, enche a boca para falar que a empresa tem um puta trabalho de inclusão, que tem mais funcionários com deficiência, do que a cota exige. Ai, você vai ver, são todas as vagas que exigem menos escolaridade ou pessoas que "quase" não tem deficiência. Usei esse termo para deixar claro o que estou falando, mas é errado falar assim, ok???

A Teoria e a Prática no “Mundo das Deficiências”

Preconceito é camuflado e mais profundo do parece, acabar com ele é algo bem demorado, tem que que mexer na cultura. Não é um trabalho fácil, porém podemos começar fazer, regar, incluir, quebrar conceito, criar outros ou não. 

Precisamos refletir sobre a sociedade, sobre nós mesmos, antes de reclamar do preconceito do outro, olhe para si e questione se você não faria a mesma coisa!! Voltando ao início do post, teorias e  a prática, racionalmente, elas deveriam andar mais ou menos juntas, né?? 

O nosso discurso deve ir de encontro com as nossas atitudes, então se você fala que se você conhecesse uma pessoa com deficiência e  rolasse algum clima, você certamente ia deixar acontecer para ver o que rola. Ou se você fala que sua empresa é verdadeiramente inclusiva e tem sim pessoas com deficiência trabalhando em toda a empresa.

Em ambas as situações, a teoria é perfeita, não há preconceito, a deficiência não é o que define o sujeito, legal. No entanto não é o que acontece na prática, onde a deficiência é o ponto alto, o indivíduo simplesmente é deficiente e acabou!!!!!

Vamos pensar, se colocar no lugar do outro, conhecer a diversidade, trazer isso para a nossa cultura e as pessoas com deficiência também, como vocês querem que os outros não tenham preconceito, se você que conhece, vive, e tem????

U m texto de Damião Marcos e Carolina Câmara.

Parceiros do blog