Inclusão Diferente: Medos

Últimas notícias ➞
Carregando...
Mostrando postagens com marcador Medos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Medos. Mostrar todas as postagens
As Pessoas com Deficiência e seus Medos.

As Pessoas com Deficiência e seus Medos.


Eu particularmente tenho vários medos, quero falar hoje, sobre medos, que no fundo todo mundo tem. Mas eles se afloram mais nas pessoas com deficiência, pela questão da própria deficiência, por como a sociedade lida conosco, enfim por motivos vários e reais.

Vou citar alguns medos:

  • Medo que os pais morram, e ai, como vai ficar??
  • Medo da própria sexualidade, eu desejo, eu tenho, eu quero, mas e aí, como vai ser??
  • Medo do futuro, eu vou conseguir ser alguém??Ter uma profissão??Trabalhar??
  • Medo de ir em busca dos seus sonhos, porque acredita que a deficiência é uma barreira!!!!!
  • Medo de ir para rua procurar trabalho.
  • Medo de namorar, será que vou conseguir ou vou levar um fora??
São tantos medos, uns se tornam angústia, pois são pouco falados, trabalhados, porque passam despercebido pela sociedade, pelo dia a dia, e até pela ignorância de muitos... 

Então, a gente aqui no blog, resolveu trabalhar com esses medos, fizemos um e-book especial, falando primeiro dos medos dos pais em relação ao filho com deficiência. Estamos estudando, para escrever o segundo e-book, trabalhando os medos específicos das pessoas com deficiência...
Qual é o seu medo.

Para isso, queremos e precisamos da sua colaboração, dê sua opinião nos comentários sobre o que acha do assunto, se você leu o nosso primeiro e-book, conte pra gente, o que achou!! Ah, compartilhe com a gente, os seus medos, por favor!!!!!

Um texto de Damião Marcos e Carolina Câmara.

Novidade


Saiba mais sobre essa grande novidade o e -book: O medo no Mundo das Deficiências, dentro do Mundo Real. Clique aqui
Medo de quê???? Estamos lançando hoje, o primeiro capitulo da serie sobre medos da pessoa com deficiência e dos seus pais, no mundo real.

Quem não tem medo????

Nesse primeiro momento, buscamos abordar, os medos dos pais em relação ao filho com deficiência, começamos com a importância da aceitação da deficiência, e o quanto ela está ligada ao medo, que limita os pais e a criança de viver, experimentar e fomos até a adolescência, quando esse jovem começa a querer ir para o mundo sozinho, e ai???
Qual é o seu medo?

Como ficam esses pais que sabem que esse filho precisa de algo a mais????? Realmente, a pessoa com deficiência precisa de algo a mais, porém ela não é prisioneira da deficiência dela e nem dos medos, e receios, dos pais!!!!!! Convidamos você para entrar nesta jornada com a gente!!!! Vamos fazer esta leitura, entrar em contato com seus próprios medos.

Aqui podemos após a leitura e a reflexão, conversar, trazer outros medos, dilemas, levantar questões, dúvidas, enfim construir juntos, ajudar um ao outro. Aqui é a nossa diferença, não somente, um e-book, com conceitos, verdades, que assimilamos e pronto, a gente quer mais, quer saber o que você pensou, como foi ai dentro de você, mexeu com você??

Falar para gente, divide seus sentimentos aqui. Eu, Carolina, vou começar, além da fobia de cachorro e gato, o meu maior medo é que os meus pais morram.


Eu saio, viajo, tenho uma vida “independente” deles, mas não vivo sem. É muito bom chegar em casa e ter eles, eles me completam, tanto emocionalmente, como fisicamente. Eu não sei o que é meu, o que é deles, pois fazem tudo comigo, como se eu mesma estivesse fazendo, é impressionante, a mão deles, são as minhas!!!!!! E você, qual é o seu medo?????

Por Damião Marcos e Carolina Câmara.
Hoje o papo é sério e até profundo. É comum, normal, algumas pessoas com deficiência ou todas em algum momento da vida, tentar "esconder" a sua deficiência.


Hoje, com o avanço da tecnologia, internet, redes sociais, bate-papo, é possível perceber, mais claramente, o quanto as pessoas com deficiência tentam "esconder" a sua deficiência, pois nas redes sociais, canso de ver fotos, onde a pessoa faz de tudo, para não deixar que as imperfeições da deficiência fiquem amostra.

Tem gente que usa as salas de bate-papo, começam um relacionamento virtual e não contam sobre a deficiência, sim, por medo. Mas essa pessoa não pensa em trazer a relação, para o real???? E ai, como vai ser? Deixar para hora do primeiro encontro? Aí, eu digo com, quase, toda a certeza, vai ser um grande impacto, pois certamente, não era o que o seu parceiro estava esperando.

Eu já tentei muito, "esconder" a minha deficiência, nem tinha internet na época, a gente tenta "esconder" do mundo. No entanto, estamos na verdade, querendo esconder da gente. Porque não a aceitamos, não queremos ter este corpo "imperfeito", movimentos "errados", sofrer com os preconceitos, as rejeições, realmente, é muito difícil mesmo.

Mas, infelizmente, é impossível, fugir da deficiência, ela não larga do nosso pé!!!!! Então em quanto tentamos "esconder", sofremos mais, nos limitamos mais, é um horror, já passei por isso, é uma roda gigante que não parar e a gente fica preso ali.

O jeito é aceitar a realidade, a deficiência, é um porre é, mas pior é buscar o impossível, nunca vamos alcançar claro, e seremos infelizes, lógico.. Quando aceitamos, um novo cenário se abre na nossa frente, começamos a olhar para as coisas, situações com outro angulo. Vai perceber que podemos mais coisas, do que imaginamos, temos que ir adaptando...

Por exemplo, é muito difícil para mim, mexer o mouse com a mão, um belo dia, pensei; vou tentar com o pé!!! Deu certo, perfeito!!!!!!! Se eu mascarasse a deficiência, eu nunca iria colocar o mouse no chão, usar mouse com o pé, jamais, que vergonha!!!!

Voltando lá em cima, nas fotos, postar nas redes sociais, lógico, que eu escolho a melhor foto, mas não é para esconder as minhas “imperfeições”, pois elas fazem parte de mim, eu estou nelas e elas em mim!!!!! Elas não dizem quem eu sou, mas eu digo o que elas significam para mim!!!!!!

Por Damião Marcos e Carolina Câmara.


O medo de não ser aceito pela sociedade é vindo da nossa educação familiar e do nosso grupo de amigos durante a nossa infância e adolescência...
Nesse período de nossa vida a nossa personalidade é formada e muita coisa do que aprendemos e levamos para toda nossa vida é herdado dai...

Parceiros do blog